Alerta contra Fraudes e Golpes

Atenção participante!

Esteja sempre alerta contra mensagens por e-mail, SMS ou ligações telefônicas, pois já tivemos relatos de comunicados falsos e com o intuito de enganar ou promover golpe, oferecendo serviços inexistentes ou vantagens indevidas em nome do Postalis. Cuidado!

 Fique atento aos nossos canais de comunicação:

Central de Atendimento 
0800 879 03 00

SMS
Através do número 28445, enviamos mensagens contendo notícias sobre o Instituto e código(s) de segurança (token).

E-mail marketing
Através do endereço maladireta@postalis.com.br publicamos campanhas promocionais, notícias sobre o Instituto, sobre nossos serviços e nossos planos de benefício. Este endereço não recebe mensagens!

Atenção! 

O Postalis não usa os aplicativos Whatsapp, Telegram ou qualquer outro semelhante para se comunicar com os participantes.

 As fraudes e os golpes financeiros mudam todo dia. A melhor forma de se prevenir é estar sempre informado. Consulte diversas dicas contra os golpes atuais, acessando:

https://antifraudes.febraban.org.br/

 Outras dicas de segurança:

> Utilize sempre o domínio oficial do https://www.postalis.org.br/
> Desconfie de links recebidos por e-mail, SMS e redes sociais.
> Não compartilhe seu token recebido com ninguém.
> Evite usar redes wi-fi públicas ou serviços de VPN gratuitos.
> Mantenha e seu aparelho o antivírus instalado e atualizado.
> Baixe aplicativos apenas das lojas oficiais.
> Salve nossos números em sua agenda eletrônica.

Previna-se!

LIVE – Esclarecimentos sobre as alterações no Regulamento do PBD e a situação do Plano de Equacionamento de Déficit (PED) 2020


Evento ao vivo, no Canal do Postalis (Youtube), para esclarecer e tirar dúvidas dos participantes ativos e assistidos

Na próxima quarta-feira (23/11), às 18h30min, o Diretor de Gestão Presidencial, Carlos Alberto Zachert, e sua equipe, participarão de mais um encontro virtual com os participantes e assistidos do Postalis. O propósito do encontro será o de atualizar os presentes sobre as alterações no regulamento do Plano BD, necessárias para a implantação do Plano de Equacionamento do Déficit (PED) de 2020, o qual deverá ocorrer após a aprovação do órgão regulador (PREVIC).

Para participar da LIVE, basta o(a) participante ou assistido(a) ter seu computador ou celular conectado à internet e acessar o link: 
https://youtu.be/lNu0bk_-SR8

Para conhecer o teor dos ajustes no regulamento do Plano BD, consulte a nota pelo
link: https://www.postalis.org.br/2022/11/10/divulgacao-previa-do-regulamento-do-pbd-ajustado/

O PED foi elaborado por técnicos do Postalis, assessorados pela renomada consultoria técnica atuarial Mercer, e previamente discutido com os Correios e com as associações representativas de participantes. O PED tem como objetivo solucionar o déficit do PBD que se acumula desde 2015, gerando o menor impacto possível no orçamento dos participantes ativos e assistidos, sem aumento no valor da contribuição extraordinária, por meio do alongamento do prazo de pagamento e da supressão de benefícios futuros a conceder, quais sejam:

i) descontinuidade do benefício de Pecúlio por Morte;
ii) redução nas FUTURAS concessões de pensão por morte, que serão
concedidas com base em 50% do BPS (benefício Proporcional Saldado)
dos ativos ou do benefício de aposentadoria; e
iii) contribuição extraordinária de 75% sobre o valor do abono anual (13º).

Cabe destacar que as perdas pela redução de benefícios futuros poderão ser reduzidas ou revertidas com a recuperação de investimentos malsucedidos no passado.

Divulgação Prévia do Regulamento do PBD ajustado

Em decorrência do Plano de Equacionamento do Déficit (PED) de 2020 e com o propósito de atender às exigências do artigo 3, inciso VI, da Resolução CNPC Nº 32, de 04 de dezembro de 2019 e do artigo 11, inciso I, da Resolução Previc nº 09, de 30 de março de 2022, o Postalis deve divulgar aos seus participantes o Regulamento do Plano de Benefício Definido (PBD) e seus ajustes, com antecedência mínima de 30 dias, antes do envio ao órgão regulador (PREVIC).

Consulte o texto consolidado do Regulamento com as marcações das alterações propostas e os quadros “de/para”, publicados na aba Transparência – Proposta de Alteração do Regulamento do Plano, no Postalis Online, através do link:
https://postalisonline.postalis.org.br/index.action

Os documentos discriminam os ajustes, em decorrência dos trâmites do processo do PED de 2020, consolidados pelo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), cujo principal objeto é o equacionamento do déficit do PBD, tendo como intuito proporcionar equilíbrio técnico ao referido plano, conforme aprovado pelos órgãos internos do Postalis.

Em síntese, as principais alterações dizem respeito aos seguintes aspectos:

1) Descontinuidade do benefício de Pecúlio por Morte;
2) Redução nas FUTURAS concessões de pensão por morte, que serão concedidas com base em 50% do BPS (benefício Proporcional Saldado) dos ativos ou do benefício de aposentadoria; e
3) Contribuição extraordinária de 75% sobre o valor do abono anual (13º).

Atenção! Os ajustes no Regulamento do PBD somente serão aplicados após a aprovação final pela PREVIC.

Déficit do PBD em 2021 entra na pauta de equacionamento

Legislação obriga o Postalis a equacionar o déficit até o final deste ano.

Em recente visita à Adcap, o Diretor de Gestão Previdencial do Postalis, Carlos Alberto Zachert, abordou a obrigatoriedade do Instituto em equacionar o déficit do PBD de 2021 até o final deste ano. Este assunto deve ser acompanhado por todos os participantes, motivo pelo qual trazemos aqui, inicialmente, alguns esclarecimentos.

O ano de 2021 foi muito ruim para o sistema de previdência complementar, fruto de uma conjuntura econômica desfavorável. Devido a isso, quase todas as entidades do setor tiveram prejuízos.

No caso do Postalis, a caótica situação da economia foi agravada pelo ainda não efetivado equacionamento dos déficits anteriores até 2020 (em torno de R$ 7 bilhões até 2020 e R$ 0,8 bilhão em 2021), uma vez que a proposta de equacionamento aprovada no Instituto ainda se encontra, há quase um ano, em análise na SEST – Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais.

Pelas normas do sistema de previdência complementar (Resolução CNPC nº 30/2018), o Postalis tem a obrigação legal de equacionar o déficit de 2021 até o final deste ano de 2022. Isto significa aumento da alíquota extraordinária para equacionamento. Os estudos do valor deste aumento estão sendo finalizados pelo Postalis com a consultoria da empresa Mercer.

Pelo nosso compromisso com a transparência, manteremos todos informados sobre o assunto através do nosso site e das nossas peças de comunicação com os participantes.

Conecta Postalis reúne 1,1 mil em Live de divulgação do Balanço de 2021

Diretoria Executiva respondeu perguntas enviadas pelos participantes durante o evento.

A primeira edição do Conecta Postalis, nova denominação da iniciativa de eventos ao vivo pela internet para aproximar o Instituto de seu público, reuniu na noite de quarta-feira (23/03) mais de 1,1 mil participantes. Durante duas horas, o presidente Paulo Humberto Cesar de Oliveira e os diretores Pedro Pedrosa, de Investimentos, e Carlos Alberto Zachert, de Gestão Previdencial, apresentaram os resultados do Postalis em 2021 e os projetos prioritários para 2022. Eles também responderam perguntas enviadas pelos participantes durante o evento.

O presidente destacou a aprovação sem ressalvas das Demonstrações Contábeis por todos os órgãos técnicos, auditorias, comitês e Conselhos Fiscal e Deliberativo. “É a comprovação de que os dados apresentados são fidedignos, que o balanço reflete exatamente o que houve no Postalis em 2021, mesmo quando os resultados não são positivos”, afirmou, ressaltando a transparência da administração. “Os desafios ainda são muito grandes, mas estamos melhorando as condições e evitando que elas piorem.”

A rentabilidade média dos investimentos do Instituto foi de 8,5% em 2021, acima da média do mercado, de 7,38%, conforme levantamento da Consultoria Aditus. No entanto, o Postalis, assim como 75% das entidades de previdência complementar fechada, não atingiu as metas atuariais, em torno de 15%.

O Diretor de Investimentos destacou a recuperação, somente em 2021, de R$ 441 milhões relativos a investimentos mal sucedidos de gestões passadas. “Desde a intervenção, o Postalis já acumula mais de R$ 600 milhões em valores recuperados e estamos trabalhando para recuperar o máximo possível”, comentou Pedrosa.

O Instituto encerrou o ano com 128 mil participantes nos planos PBD e Postalprev, em todo o Brasil. Segundo o diretor de Gestão Previdencial, foram pagos em dia R$ 1,17 bilhão em benefícios em 2021, número inferior ao R$ 1,03 bilhão arrecadado com as contribuições de participantes e patrocinadora. O aumento das provisões matemáticas (obrigações que o plano tem a cumprir) resultou no déficit acumulado de R$ 7,79 bilhões no Plano BD em 2021. Já o plano Postalprev registrou superávit acumulado de R$ 5,5 milhões. O Postalis tem um dos menores custos per capita do País, de R$ 558 por ano/participante. “Demonstra nossa eficiência administrativa e operacional”, destacou Zachert.

A Diretoria comentou as melhorias na oferta de empréstimos, os avanços no atendimento e tecnologias disponíveis aos participantes, e também ressaltou a importância da aprovação da solução para o Plano BD, que incluirá o equacionamento da dívida de participantes e patrocinadora, seguida pelo lançamento de um novo plano de Contribuição Definida, como opção de migração para os participantes. A solução, já validada pelo Postalis e Correios, se encontra em aprovação na secretaria do Governo Federal que coordena as empresas estatais (SEST) e deverá ser submetida também à Previc. A previsão é que o equacionamento entre em vigor em 2022.

Clique aqui e assista ao Conecta Postalis na íntegra. Clique aqui e veja a apresentação feita durante o evento.

Postalis esclarece situação do Termo de Ajustamento de Conduta

Instituto solicitou prorrogação de prazo à PREVIC para a finalização das análises e deliberações

O Postalis informa a todos os participantes do Plano de Benefício Definido (PBD) sobre a situação do Termo de Ajustamento de Conduta – TAC que objetiva solucionar o déficit do plano, por ocasião do prazo vencido em 20/02/2022, e o pedido do Instituto pela ampliação do prazo, junto à Superintendência Nacional de Previdência Complementar (PREVIC), para a finalização das análises e deliberações por parte da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais – SEST (vinculada ao Ministério da Economia) e da própria PREVIC.

Recentemente, em 20/02/2022, ocorreu o término do prazo estabelecido pelo Termo de Ajustamento de Conduta – TAC assinado entre o Postalis, Correios e PREVIC. Devido a isso, o Instituto encaminhou ao órgão fiscalizador, em 21/02, o Ofício 08.09.OF/2022-0016, no qual deu ciência da situação do processo que se encontra em análise junto à SEST e sugeriu a prorrogação do prazo para fins de conclusão da 1ª fase da estratégia previdencial, que consiste na implantação de um plano de equacionamento de déficit (PED).

Desta forma, reiteramos nosso compromisso com a transparência e prestação de contas aos participantes e patrocinador, colocando-nos à disposição para maiores esclarecimentos que se fizerem cabíveis, esperando que no prazo mais breve possível possamos implementar o Plano de Equacionamento que solucionará o déficit acumulado do PBD.

ENTENDA O CASO

Em 20/02/2020, foi publicado pelo Diário Oficial da União (DOU) o extrato do TAC, com o objetivo fundamental de solucionar o desequilíbrio apresentado pelo Plano de Benefício Definido (PBD), através de um plano de equacionamento de déficit com ou sem redução de benefícios futuros, e elaborar os estudos técnicos com vistas ao estabelecimento de adequada estratégia previdenciária, por meio da oferta de opção pela migração das reservas matemáticas individuais dos participantes, assistidos e pensionistas, líquidas de sua respectiva parcela do déficit, para plano estruturado na modalidade de contribuição definida (CD), livre de riscos atuariais.

Em abril de 2020, o Postalis aprovou uma proposta de estratégia previdencial, com foco na oferta de migração facultativa do PBD para um novo plano de contribuição definida (CD), a qual foi endereçada aos Correios para análise. O assunto foi objeto de discussões e esclarecimentos, nos meses subsequentes, que contaram com a participação de representantes do Patrocinador e dos Participantes.

Em outubro daquele ano (2020), a pedido dos participantes do PBD, o Postalis constituiu um Grupo de Trabalho (GT) contendo além dos técnicos do Instituto e do Diretor de Gestão Previdencial, também a presença de representantes das associações (de participantes), com o intuito de discutir possíveis soluções ao problema do plano. Nos meses seguintes, ocorreram reuniões quinzenais, quando foram discutidos e apresentados diversos temas, tais como a situação atual do plano, a Reserva Técnica de Serviço Anterior (RTSA), a Precificação de Ativos, o Processo de Recuperação de Ativos, o Cronograma do TAC, a Estratégia Previdencial e a Proposta de Solução.

Os trabalhos desse GT resultaram no aprofundamento de alternativas de soluções, como o equacionamento de déficit com ajustes no regulamento do plano, visando uma nova versão da proposta de solução, com base nas discussões com os representantes do Patrocinador, dos Participantes e da PREVIC.

A solução para o equacionamento do déficit do PBD foi deliberada pela Diretoria Executiva (DEX) e pelo Conselho Deliberativo (COD) do Postalis, a fim de que fosse enviada aos Correios para aprovação, após as manifestações da SEST e da PREVIC, considerando a alteração do regulamento do plano PBD para ajustes de benefícios a conceder.

Live reúne mais de 800 participantes com dicas e outras atualidades do Postalis

Reestruturação da área de atendimento, benefício no Imposto de Renda, aumento de contribuições, suspensão do empréstimo, campanha de desconto para quitação e os trâmites do TAC foram temas abordados.

Em mais uma transmissão ao vivo feita pelo Postalis na internet, na noite da última quinta-feira (25/11), mais de 830 participantes dos planos PBD e Postalprev em todo o Brasil conheceram formas de aproveitar ao máximo as vantagens de seus planos de previdência.

A Diretoria de Gestão Previdencial apresentou sua nova estrutura com a criação de uma gerência dedicada ao Relacionamento com Participantes. “No último ano, nos concentramos no fortalecimento na governança e na busca de uma solução para o Plano BD, que está encaminhada”, contou o diretor Carlos Alberto Zachert. “Agora estamos empenhados nas demandas dos participantes, reforçando as vantagens da sua previdência complementar e os serviços que estão à disposição.”

O Instituto demonstrou os resultados das medidas tomadas para a melhoria do atendimento, com a redução de 43% no tempo médio de espera nas chamadas telefônicas e o salto de 31% no número de atendimentos diários. O autoatendimento por meio de serviços online já é responsável por mais de 6 mil demandas a cada dia útil e o recém lançado aplicativo para celular deverá ampliar estes números. “Nossa pesquisa de satisfação mostra que 95% dos participantes dão nota máxima ao Postalis, mas sabemos que temos melhorias a fazer e iremos trazer inovações”, adiantou a nova Gerente de Relacionamento, Karina Dantas.

Na live, foram dadas orientações sobre como ampliar o saldo para a aposentadoria, os descontos que podem ser obtidos no Imposto de Renda com a declaração das contribuições previdenciárias (saiba mais aqui) e os conteúdos em texto e vídeo disponíveis para que os participantes aprendam mais sobre finanças, aqui.

A campanha de renegociação de empréstimos foi outro tema, lembrando o prazo até o próximo dia 30 de novembro para que os inadimplentes se inscrevam para receber uma proposta com redução de até 50% nos juros, leia mais aqui.
Participantes enviaram perguntas ao vivo que foram respondidas via chat e também pelos técnicos da entidade. O diretor ressaltou a importância dessa comunicação direta com os participantes. A partir de 2022, os eventos via internet serão mais frequentes (trimestrais), com o projeto Conecta Postalis. Clique aqui para assistir a íntegra da live.

Clique e conheça a nova gerente de relacionamento do Postalis, Karina Dantas.

LIVE do Postalis falará sobre nova área de relacionamento e outros temas de interesse dos participantes

Transmissão será na próxima quinta-feira, dia 25/11, às 18h30m, no canal do Postalis no YouTube.

O Diretor de Gestão Previdencial, Carlos Alberto Zachert, juntamente com gestores do Instituto, apresentará mais este evento que abordará temas importantes aos nossos participantes como: a nova estrutura da área de relacionamento e seus canais de atendimento, a divulgação dos canais de autoatendimento, os trâmites da solução ao déficit do BD, a importância da atualização cadastral, o benefício fiscal das contribuições para os planos de benefícios,  a suspensão temporária da concessão de empréstimo para participantes ativos, as ações realizadas em 2021 e o que se pretende para 2022.

Clique aqui e conheça o perfil da nova Gerente de Relacionamento com o Participante do Postalis, Karina Dantas.

Para participar da live acesse o link: https://youtu.be/TgLMHx3xJds . Se inscreva no canal e acione o sino de notificação. O objetivo do evento é aproximar o Instituto dos associados e ampliar a transparência na gestão.

Mais de 1,7 mil pessoas participam da Live sobre a Solução para o Plano BD

Instituto respondeu ao vivo a dúvidas sobre o equacionamento e migração de plano.

A transmissão ao vivo feita na quarta-feira (11/08) pelo Postalis reuniu um público recorde: 1.761 pessoas assistiram à apresentação sobre a Solução do Plano BD e puderam enviar dúvidas e comentários ao vivo. A audiência foi mais do que o dobro da registrada na live anterior, sobre os resultados do Instituto em 2020.

O diretor de Gestão Previdencial, Carlos Alberto Zachert, fez uma apresentação inicial detalhando as duas etapas da solução:1) o equacionamento do déficit e 2) a migração opcional das reservas do Plano BD para um novo plano CD. Todas as informações estão resumidas no hotsite específico sobre o assunto, clique aqui.

Na sequência, o diretor e o gerente de Gestão Previdencial, Raul Rocha, responderam questões sobre as alíquotas a serem praticadas no equacionamento para ativos, aposentados e pensionistas; o desconto no abono anual (13º salário); a recuperação dos ativos de investimentos do Postalis no passado; as características do novo plano CD e outros temas. Cabe destacar que foram mais de 2.000 manifestações no chat da transmissão.

“Um déficit bilionário como o do Postalis, acumulado em gestões anteriores, é de difícil solução. Mas estamos certos que, usando outras experiências de fundos de pensão, adotamos a saída que mais preserva a renda atual dos participantes e assistidos, com a redução da alíquota extraordinária, e compensação em benefícios futuros”, comenta o diretor Zachert. Ele lembrou também que metade do déficit do PBD será arcado pelo patrocinador Correios, de acordo com a legislação em vigor.

Foram centenas de perguntas atendidas durante 1h30 na Live Postalis. Os participantes que não puderam acompanhar o evento ao vivo podem assistir a íntegra da gravação clicando aqui.

Além disso, no hotsite da Solução para o Plano BD há uma seção de Perguntas e Respostas Mais Frequentes (FAQ) para orientar os participantes com transparência. Essa seção vem sendo atualizada quando surgem novas dúvidas, para manter a comunicação direta com os principais interessados.

Clique aqui e conheça o hotsite.

Postalis transmite LIVE sobre solução do PBD e suas etapas

Evento será realizado no canal do Youtube e terá tira-dúvidas dos participantes ao vivo

Nesta quarta-feira (11/08), às 18h30min, o Diretor de Gestão Previdencial Carlos Alberto Zachert e equipe explicarão a solução encontrada para o Plano BD e que foi aprovada pelo Conselho Deliberativo no dia 16/07/2021. O evento será transmitido via internet pelo YouTube (live).

Para assistir, basta ter o computador ou celular conectado à internet e acessar o link: https://youtu.be/efC3QeymCnE . INSCREVA-SE NO CANAL e ative o sino de notificação para ficar por dentro das novidades do Postalis.

Esta solução foi elaborada por técnicos do Postalis, assessorados pela renomada consultoria Mercer, amplamente discutida com os Correios e com as associações de participantes ativos e assistidos, durante o último ano. Ela foi montada com o objetivo de não causar impacto imediato na renda dos participantes (sem aumento do valor da contribuição) e deixando as perdas para o futuro (redução de benefícios). Cabe destacar que as perdas poderão ser diminuídas pela recuperação de prejuízos causados no passado ao Postalis.

Clique aqui e conheça o hotsite.